Spotify acaba com a sua distribuição gratuita de música

Captura de Tela 2019-07-03 às 9.48.24 AM.png

Fala aí!

Por essa ninguém esperava né?

9 meses depois de deixar o mercado em pânico com sua iniciativa, Spotify coloca o galho dentro, pisa na porra do freio, e volta atrás na sua decisão de entrar no game da distribuição.

Quem me conhece sabe que sou fã da plataforma, e quando o Daniel Ek anunciou que permitiria o upload direto com eles eu comemorei muito. Era uma revolução chegando, e naquele instante colocava em cheque toda a estrutura de negócio do mercado digital como a conhecemos hoje.

Como não comemorar…?

BAIXE O MEU E-BOOK

 
 

Ainda não encontrei nenhum artigo que diga com certeza o porque da decisão, mas talvez tenha sido o certo a se fazer.

Oficialmente a empresa disse que a iria focar no que faz melhor e confiar essa função para as distribuidoras que já prestam um ótimo serviço.

Quem acompanha esse mercado sabe que o anúncio gerou um baita mal estar entre o Spotify, as demais DSP's e principalmente com as gravadoras.

Se para muitos o Spotify ainda era o parceiro visto de forma inocente, o anuncio na época escancarou o que já era óbvio para mim:

Spotify em breve seria o principal concorrente.

O fato é que tudo isso gerou um grande desgaste entre o Spotify, Majors, Apple Music e as demais DSP's, que entre outras coisas acabou resvalando no tumultuado lançamento da plataforma na Índia.

Engraçado que quando li o livro Spotify Teardown, que passa o tempo inteiro criticando a empresa por suas "pivotagens”, eu admirava ainda mais o pensamento por trás do Spotify:

Em um mercado dinâmico é preciso ajustes rápidos para se manter sempre a frente.

Talvez ainda não seja a hora de comprar essa briga com os detentores do catálogo.

O que você acha?

Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

Ahhhh

Importante:

Hoje saiu o primeiro vídeo do Music Lab 2019!

Espero que curta.

 
 

Beijos

Clê