Spotify pode estourar sua música em um piscar de olhos

 
 

Fala aí!

Tudo certinho?


Essa semana vai rolar a SEMANA SPOTIFY aqui no meu Blog.

Ta?

Então…


Hoje, entre as edições do meu canal do Youtube e minhas consultorias, arrumei tempo para dar uma geral em blogs e jornais digitais da gringa, e encontrei um artigo maravilhoso do super Eamonn Ford no The Guardian.



O título é bem catastrófico mas toca a real:

Eles poderiam destruir o álbum : Como as Playlists do Spotify mudaram a música para sempre.

A verdade é que hoje o Spotify já tem a manha de bombar loucamente um artista em um piscar de olhos sem gastar um único centavo.


Como disse no texto anterior, hoje existem os tais superfãs de playlists e essa turma confia na curadoria dessas “marcas”.

Sim! Playlists são marcas e tem credibilidade de sua base de fãs.

Se as gravadoras perderam faz tempo o "selo” de qualidade como experts de música, hoje esse tipo de confiança passou para as mãos dessas playlists de curadoria humana e outras de curadoria feita por inteligência Artificial(AI).


SPOTIFY DÁ AS REGRAS!

O artigo fala sobre o tal cantor Venezuelano Danny Ocean, que era um completo desconhecido e foi lançado ao estrelato quando lançou Me Rehúso de forma independente, em setembro de 2017.

O cara jogou a faixa lá como todos nós fazemos, e na medida em que a canção foi ganhando tamanho de forma orgânica na America Central, a plataforma foi dando corpo à canção até galga-la aos playlists mais poderosos.


Diferente do mercado da música que investe dinheiro em artistas sem fazer testes e confiam apenas no tal gênio chamado pelo nome diretor artístico, o algoritmo do Spotify faz milhares de testes para dar as informações certeiras para seus curadores não darem ponto sem nó.

É bom pontuar que a nossa indústria talvez seja a única desse nível de grandeza que coloca milhões em produtos sem fazer um único teste de mercado antes.

Mas isso não tem jeito né?

Vamos falar sobre o futuro e não sobre passado!

Voltando ao case do Venezuelano.

Hoje o vídeo no Youtube já tem 1,262,364,292 views!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

No Spotify a canção já foi ouvida mais de 751,907,405 vezes

CARALHOOOOOOOOOO

 
 


Logicamente com esses números a Warner foi para cima do cara com um daqueles contratos astronômicos. Pois é…

Aliás, me pergunto porque um cara nesse momento assina com uma major…

 

Hello, World!

 
Se o Spotify decidir, como no caso de Ocean, colocar todo seu poder para bombar uma faixa em playlists com New Music Friday, Top Hit’s, RapCaviar ou Afternoon Acoustic, pode tirar alguém da obscuridade para topo das paradas mundiais. Eles podem inclusive transformar o gigante Ed Sheeran em algo ainda maior.
— Eamonn Ford

Eu fiquei chapado quando soube que Afternoon Acoustic tem 2.4 milhões de seguidores e Peaceful Piano 2.9 milhões de fãs.

Pelo visto entramos de vez na era dos moods ditarem a maneira como consumimos música.

Ta aí uma ótima oportunidade para se fazer dinheiro fora do ambiente extremamente concorrido da música cantada. Vejo a turma do instrumental daqui no esquema comunista reclamando das plataformas digitais e nem gasto mais saliva para explicar o quão maravilhoso o presente se apresenta nesse mundo digital.

Fique em alerta porque volto com mais SPOTIFY amanhã.

Um beijo enorme!