Spotify já coloca as manguinhas de fora e prepara o bote.

 
Captura de Tela 2018-06-13 às 12.47.19 AM.png

Hey!! 

Existiam rumores mas agora é oficial! 

Logo logo será possível lançar sua música no Spotify sem a necessidade de agregadores como CD BabyOneRPM e Tunecore no meio do caminho. 

 

Nesse primeiro momento a bomba cai apenas no colo das empresas bypassadas e selos independentes, mas é um grande indício que existem planos bem mais ambiciosos guardados na manga de Daniel Ek.

 

Eu acho a notícia maravilhosa!!! Quanto menos intermediários melhor. 

 

As "BIG 3" já devem estar se perguntando o que vai acontecer quando a plataforma começar a assinar deals de edição, lançamento e promoção com os grandes artistas do planeta em um movimento parecido ao da Netflix... 

Se até outro dia essa realidade parecia improvável para os cegos do castelo, agora a pulga deve estar comendo a orelha dos nossos "reis"...

Mas os "reis" do nosso mercado são tão prepotentes que só resolvem se movimentar quando a guerra já está perdida. O Napster está aí para nos provar que as histórias normalmente se repetem. 

 

Por enquanto o posicionamento oficial do Spotify é que eles não irão assinar com artistas. 

Será? 

Mas a questão é bem mais séria. 

Vamos pensar juntos: 

Se o Spotify pagar volumosos adiantamentos para produção, divulgação e porcentagens vantajosas apenas para os artistas lançarem suas músicas diretas por lá,  por que diabos os artistas gostariam de assinar com a plataforma? 

Refazendo a pergunta anterior: 

Se o Spotify oferecer volumosos adiantamentos para produção, divulgação e porcentagens vantajosas para os artistas, por que eles precisariam assinar com alguma gravadora? 

Sacaram? 

Aguardaremos... 

 

Por hoje é isso! 

Beijos!